Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

Artigo do editor de [email protected] antecipou rompimento entre Ricardo e Azevêdo; Leia o texto completo

Um artigo, escrito pelo editor de Fato a Fato, Antonio Santos, explicitou inúmeras variações antagônicas, tanto na área política quanto na administrativa e até no aspecto ideológico, acerca do rompimento entre o ex-governador Ricardo Coutinho e o atual governador João Azevêdo.
que Ricardo fez de errado em 8 anos de governo, o governador Azevêdo começou a consertar, inclusive pondo para fora da administração estadual secretários ligados à Coutinho e que estão sendo denunciados por corrupção pela Operação Calvário.

Agora, com a “briga” pelo comando do PSB da Paraíba, e vendo João e Ricardo disputando a Presidência do partido, não há mais dúvida do rompimento. Falta saber quem ficará com Coutinho, mesmo ele estando sem mandato, e os que vão optar pelo titular do Palácio da Redenção.

Fontes palacianas revelaram a um site de João Pessoa que o rompimento é irreversível. Isso posto, a pergunta que começa a ser feita é também em relação ao pleito de prefeito na Capital do Estado. Se Ricardo for candidato, quem João Azevêdo vai apoiar?

Outra dúvida diz respeito aos deputados da Assembleia Legislativa da Paraíba. Com o rompimento, qual será o posicionamento político dos parlamentares governistas, do G11 e os que integram o bloco de oposição?

Com Fato A Fato