Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

Coronel Alencar permanece no Hospital Metropolitano e família tranquiliza amigos

O coronel Robson Alencar, ex-comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar e atual diretor da 2ª Ciretran, foir levado ás pressas ao Hospital Regional de Guarabira na noite desta quarta-feira (21). A informação inicial era de que Alencar teria sofrido um princípio de AVC. Depois de receber os primeiros atendimentos pela equipe médica da unidade hospitalar foi transferido para o Hospital Metropolitano de Santa Rita.

De acordo com o filho do coronel Alencar, advogado Manoel Neto, seu pai teve um pico de pressão arterial com dormência num braço, que exames foram realizados e nada grave foi diagnosticado, permanecendo em observação médica.

“Para que não se multipliquem informações equivocadas, informo que meu pai teve uma alta de pressão com uma dormência no braço, sem deixar qualquer sequela. Ele já foi submetido aos exames mais importantes e nada de grave foi identificado. Segue em observação no Hospital Metropolitano com o melhor prognóstico possível”, postou Neto numa rede social.

Com Portal 25h