Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

Detento com tornozeleira é preso suspeito de praticar roubos em Campina Grande

Um homem de 18 anos de idade que cumpre pena em regime aberto, usando tornozeleira eletrônica, foi preso suspeito de praticar roubos em Campina Grande. A prisão ocorreu na manhã desta quarta-feira (28) e os crimes investigados ocorreram na noite da terça-feira (27). Com ele, a Polícia Civil apreendeu um carro roubado, arma de fogo, roupas, maconha e também um colete balístico.

Justiça de Campina Grande começa a colocar tornozeleiras eletrônicas em 270 presos.
Segundo a Polícia Civil, a prisão ocorreu no bairro Cidades, em Campina Grande. O homem é suspeito de ter participado de ações criminosas na noite da terça-feira, quando quatro homens armados roubaram um carro no bairro do Catolé e depois realizaram outros roubos.

De acordo com delegado de Roubos e Furtos da Polícia Civil, Victor Melo, depois de roubar o carro, o grupo praticou um roubo em posto de combustíveis na Avenida Juscelino Kubitschek, no bairro Presidente Médici, onde levaram dinheiro dos frentistas e a motocicleta do vigilante.

Ainda segundo o delegado, depois desse roubo no posto, o grupo foi até o bairro das Três Irmãs, onde tentaram roubar outra motocicleta.

Nesta quarta-feira, por volta das 9h, a Polícia Civil encontrou o homem de 18 anos com o veículo roubado e utilizado nos assaltos. Ele também estava com uma das armas de fogo utilizadas nos roubos, várias peças de roupas, supostamente roubadas, maconha e um colete balístico. Outro suspeito também já foi identificado.

Com ClickPB