Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

Dupla suspeita de integrar quadrilha interestadual de assaltos é presa, na Paraíba

Uma operação integrada entre a Polícia Civil da Paraíba e de Alagoas prendeu nesta terça-feira (17), dois suspeitos de integrar uma quadrilha que arrombou e furtou estabelecimentos comerciais de, pelo menos, 42 municípios do Nordeste. A prisão aconteceu na cidade de São Miguel de Taipu, na Zona da Mata paraibana.

O objetivo da operação era dar cumprimento a dois mandados de prisão que foram expedidos em Maceió, Capital alagoana. Segundo informações da Polícia Civil, foram alvos das ações dos suspeitos, estabelecimentos comerciais localizados nos municípios paraibanos de Itabaiana, Mogeiro, Ingá, Pilar, Serraria, Alagoa Grande e Bananeiras.

Casas lotéricas, correspondentes bancários, lojas de eletrodomésticos, depósitos de gás e mercadinhos dos Estados de Alagoas, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte também estão entre os locais arrombados e furtados.

Os dois homens moravam em Campina Grande. Nesta terça-feira (17), eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Itabaiana, no Agreste da Paraíba, de onde foram transferidos para Alagoas.

Atuação na Paraíba
De acordo com o delegado Felipe Castellar, que coordenou a operação na Paraíba, a ação mais recente da quadrilha aconteceu no município de Serraria, no Agreste paraibano, no último dia 9 de setembro. No local, o alvo dos suspeitos foi um mercadinho.
Um dos suspeitos já havia sido detido, em flagrante, no mês de junho de 2019 por furto qualificado, em Alagoa Grande. Ele estava em liberdade condicional desde agosto. Já o outro homem, tem passagem pela polícia por homicídio e também por furto qualificado.

clickpb