Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

HU de Campina adere ao Julho Verde com mutirão de consultas

O Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC-UFCG), da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebserh, vai aderir ao Julho Verde promovendo um mutirão de consultas no dia 23 deste mês. Segundo o Chefe de Cirurgia Geral do HUAC, o médico Uirá Coury, o objetivo será de adiantar as consultas dos pacientes com patologias possivelmente cirúrgicas em cabeça e pescoço, homens e mulheres de meia idade, tabagistas e etilistas.

Em 27 de julho é celebrado o Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, porém, a campanha Julho Verde, com o slogan “O câncer tá na cara, mas ás vezes você não vê”, tem o intuito de conscientizar sobre a prevenção dessas doenças, durante todo o mês.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a cada ano calcula-se cerca de 40 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço no Brasil. Na Paraíba, o número é de 1.690 novos casos.

A campanha faz referência aos tipos de câncer que ocorrem na boca, língua, palato mole e duro, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe, esôfago, tireoide e seios paranasais.

Segundo o INCA, o câncer de cabeça e pescoço são mais usuais em homens, na faixa etária dos 60 anos. O câncer de tireoide é o quinto tumor mais frequente em mulheres (sem considerar o câncer de pele não-melanoma), já nos homens, o mais comum é o câncer da cavidade oral.

Esse tipo de câncer surge através de diversos fatores, como: uso excessivo de álcool ou cigarro, falta de higiene bucal, exposição ao sol (no caso do câncer de pele), por contato com HPV. Por isso, é de suma importância campanhas com o objetivo de alertar sobre a prevenção, já que esta pode se dar por meio de iniciativas simples: evitar o tabagismo, manter uma alimentação equilibrada, consultar-se regularmente com um dentista, usar preservativo, vacinar-se contra o HPV, evitar o consumo abusivo de bebidas alcoólicas.

De acordo com a Associação de Câncer de Boca e Garganta do Brasil (ACBG), o diagnóstico precoce e o início imediato do tratamento são fundamentais para a cura nesses casos de câncer.

Sobre a ebserh – Desde dezembro de 2015, o HUAC-UFCG é filiado à Rede Hospitalar Ebserh. A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, contribuem para a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Paraiba.com.br