Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

Polícia Civil investiga morte de corretor de imóveis assassinado com 13 tiros

A morte do corretor de imóveis, Adriano Araújo de Lima, de 45 anos, morto com 13 tiros, nesta segunda-feira (20),está sendo investigada pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Aldrovilli Grisi, os autores vieram determinados a executar a vítima por conta da quantidade de tiros.

O homicídio aconteceu na tarde desta segunda-feira (20), no bairro Castelo Branco, em João Pessoa. A vítima estava em uma moto com um amigo quando foi surpreendida pelos tiros.

De acordo com testemunhas, um homem na garupa de outra moto foi quem realizou os disparos.

Segundo a polícia, a vítima invadiu uma casa para tentar escapar do atirador, mas o executor também entrou no imóvel e continuou atirando.Atingido, o amigo do corretor ficou caído e mesmo ferido atravessou a rua e pediu por ajuda.

O amigo da vítima foi atingido na perna e precisou ser socorrido para o hospital de Trauma de João Pessoa. Ele foi atendido, recebeu alta e foi levado para a delegacia para prestar depoimento.