Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

Polícia Civil prende suspeito de extorquir e ameaçar a própria mãe

Um homem foi preso na manhã desta quarta-feira (20), acusado de cometer violência doméstica contra sua própria mãe, uma idosa de 72 anos de idade. Carlos Eduardo Mamede da Silva, de 38 anos, foi localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, por equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Sul de João Pessoa (Deam/Sul).

O preso já cumpriu pena no Presídio Silvio Porto por tráfico de drogas. Apesar de já estar em liberdade, ele admitiu que ainda é usuário de entorpecentes.

Os investigadores foram até a residência do homem, após denúncias de que ele mantinha a própria mãe sob constantes ameaças de morte.

“Ele usava uma arma branca, para obrigar a mãe a sacar dinheiro da aposentadoria e entregar a ele. Esse dinheiro era usado para pagar traficantes. Ele ainda dizia que iria atear fogo na residência da mãe, caso a exigência não fosse atendida”, informou Wládia Holanda, delegada adjunta da Deam Sul.

A vítima, que possui dificuldades de locomoção, ainda era agredida verbalmente pelo filho. Com medo das ameaças, a idosa saiu de casa nessa terça-feira (19) e se refugiou na casa de parentes, que procuraram a polícia nesta quarta-feira.

“Assim que ela chegou à delegacia e nos comunicou o caso, acionamos nossos investigadores que se deslocaram até a residência, onde prenderam o filho em flagrante delito”, acrescentou Wládia.

Carlos Eduardo foi enquadrado em crimes de injúria, ameaças de extorsão, previstos no Código Penal Brasileiro e na Lei Maria da Penha. Ele será conduzido à carceragem da Central de Polícia Civil, no Geisel. Nesta quinta-feira (21), o preso deverá ser apresentado ao Poder Judiciário durante audiência de custódia.

“Esperamos que o Poder Judiciário converta a prisão em flagrante em prisão preventiva. Ele, em liberdade, representa um risco para a vida e integridade física da própria mãe, que é uma senhora de idade e debilitada”, observou a delegada.