Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

Suspeito nega ter assassinado radialista no Sertão e diz que não tinha namoro com o homem

O suspeito de matar o radialista Denisvaldo Mendes Pacheco negou participação no crime e também que tivesse um namoro com a vítima, segundo informou o delegado Renato Leite, responsável pela investigação do assassinato. O corpo do comunicador foi encontrado com marcas de violência, na noite dessa quinta-feira (29), em Itaporanga, no Sertão paraibano. O suspeito foi preso nesta sexta-feira (30).

O radialista havia desaparecido há pelo menos um dia antes de ser encontrado morto. O delegado Renato Leite contou ao ClickPB que o suspeito terminou o relacionamento com o radialista na última semana e Denisvaldo estaria pressionando o homem, ameaçando conta da relação secreta entre eles.

Saiba mais

Homem que estava desaparecido é encontrado morto

Denisvaldo morava sozinho no bairro Bela Vista, em Itaporanga e trabalhava na rádio Boa Nova FM, com o personagem ‘O Coisa’. A informação é de que não haverá velório, pois o corpo estava em avançado estado de decomposição.

Com ClickPB