Portal G8
Jornalismo com ética e credibilidade

TRF manda soltar empresário preso na ‘Operação Famintos 1’

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, determinou que o empresário Flávio Souza Maia volte à liberdade. Ele estava preso desde a deflagração da Operação Famintos 1, no dia 24 de julho, quando foi alvo de um mandado de prisão temporária expedido pela 4ª Vara da Justiça Federal. Depois disso, ele teve a prisão convertida em preventiva.

A decisão de mandar soltar o empresário foi do desembargador Rogério Fialho. Flávio é um dos investigados na Operação Famintos, que apura fraudes em licitações e um desvio de R$ 2,3 milhões na distribuição da merenda escolar em Campina Grande.

Segundo as investigações, Flávio seria um dos administradores (de fato) de uma das empresas de fachada, investigada pelo MPF: a Rosildo de Lima Silva EPP. O empreendimento foi aberto em 2015 para substituir a Delmira Feliciano Gomes ME, que também seria de fachada. Apenas da prefeitura campinense, a Rosildo de Lima Silva EPP recebeu R$ 11,2 milhões. Flávio gerenciava o empreendimento com outro empresário, Frederico de Brito Lira, de acordo com o MPF. Frederico continua preso desde a primeira fase da Famintos

 

 

Com Jornal da Paraíba